Internal Tools

O que são Internals Tools?

Internal tools (ou ferramentas internas) podem ser qualquer software de uso particular, criados internamente ou desenvolvidos externamente, para dar suporte às operações internas de uma organização. O desenvolvimento das internal tools são para melhorar o fluxo de trabalho, expandir a vantagem competitiva e gerar valor para a empresa.

Essas ferramentas são altamente customizadas e são construídas quando não há uma solução eficiente ou quando não há produtos disponíveis no mercado que se encaixa à realidade da empresa. Assim, o usuário final dessas ferramentas também determina como são construídas, podendo ser plataformas, aplicativos, ferramentas de análise de dados ou simplesmente interfaces que realizam operações CRUD em um banco de dados. CRUD*.

*CRUD: sigla em inglês para as quatro funções básicas da programação que significa criar, ler (ou recuperar), atualizar e excluir.

Para que elas servem?

Especificamente, as internal tools ajudam a fortalecer as operações da empresa e dar suporte ao processamento manual de informações, bem como a configuração do cliente, gerenciamento de clientes e fluxo de aprovação de atividades. Na verdade, você pode construir qualquer tipo de ferramenta que ajude o fluxo de trabalho e otimize processos de uma organização.

No entanto, é necessário entender os problemas e dores dos colaboradores e da empresa para construir uma internal tool de alto nível. Uma dica para encontrar soluções de forma eficaz é utilizar ferramentas de Design para entender os problemas e definir como um software poderia ajudar no processo. Exemplos: 5 Porquês, desenvolvida por Sakichi Toyoda, Mapa da Empatia e Jobs-to-be-done.

O que são Internals Tools?

Quais são os tipos de Internal Tools?

Há uma infinidade de tipos de internal tools, mas os dashboards e painéis de administração são os tipos mais comuns, usados para gerenciar os dados dos clientes e stakeholders, mas ainda há tipos de ferramentas como:
– Suporte ao cliente;
– Entrada e coleta de dados;
– Gerenciamento de estoque;
– Comunicação;
– Fluxo de aprovação de solicitações;
– Integração entre sistemas;
– Sistemas de feedback de funcionários;
– Sistemas de gerenciamento de visitantes.- Interfaces para rotular e organizar dados para processamento de machine learning.

“While many business processes can be handled by configuration of standard applications (CRM, payroll, etc), there are countless other business processes that don’t fit existing tools. These processes typically live in e-mail + spreadsheets, which are manual and prone to human error. “

— Honeycode, Amazon

Sabia que desenvolver e aprimorar Internal Tools pode aprimorar todos os processos dentro da sua empresa? Preparamos um e-book completo sobre estratégias de desenvolvimento de Internal Tools e para baixar clique aqui.


Saiba mais sobre Low-Code

Deixar uma resposta